Free Hosting

Free Web Hosting with PHP, MySQL, Apache, FTP and more.
Get your Free SubDOMAIN you.6te.net or you.eu5.org or...
Create your account NOW at http://www.freewebhostingarea.com.

Cheap Domains

Cheap Domains
starting at $2.99/year

check
 

 

 

 

 

 

Homecarrosdownloadscontato

favoritos Portal destinado a todos os fãs de todos os modelos de carros e suas marcas.

 

Visite nossa comunidade no Orkut


Marcas:

ferrariHondafordaudiGM PeugeotnissanRenaulttoytawolkswagenPorschemercedesMitsubishi

Histórias das Marcas!

Emblemas dos Fabricantes de Automóveis e Suas Histórias

Adicione aos Favoritos

Clicke no ícone do seu navegador abaixo:

             
Ferrari
Ferrari não é apenas uma máquina, é um mito que encanta a todos, esteja onde estiver. É o objeto de desejo da maioria dos mortais que vivem neste planeta.

História
É impossível falar na criatura sem falar no seu grande criador, Comendador Enzo Ferrari. Nascido 18 de Fevereiro de 1898, na Itália, Enzo Ferrari queria ser cantor de ópera, crítico ou piloto de competição. Logo desistiu de ser cantor de ópera, por falta de voz e ouvido. Não tardou para ele abandonar a idéia de ser crítico, pois ele se iludiu, dizendo que sempre haveria mais de uma interpretação para o que ele falava.Enzo serviu como voluntário na primeira guerra mundial, e tinha a missão de ferrar as mulas que carregavam os canhões. A guerra trouxe duas marcas para o italiano: duas cirurgias e uma enorme força de vontade de sobreviver. Em 1919 decidiu ser piloto e participou de uma prova (pela primeira vez) em Parma Bercetto, na qual obteve a quarta colocação (a prova foi vencida por Antonio Ascari, pai de Alberto Ascari, que futuramente iria morrer ao volante de uma Ferrari).
Em 1929, decidiu se tornar independente, criando a Scuderia Ferrari, primeira equipe de automobilismo independente das fábricas, mas vinculada a Alfa Romeo. Tempos depois a Alfa Romeo recomprou os carros preparados por Enzo, que já continham a alma Ferrari. A Alfa acabou contratando-o como diretor esportivo. Já em 1938 ajudou a formar a equipe oficial da Alfa Romeo, que foi uma das mais poderosas de sua época. Porém, o primeiro carro inteiramente construído por Enzo foi feito durante a segunda guerra mundial em pleno esforço de guerra, aonde ele foi defender a Itália.

Ele foi impedido de dar seu nome à criação, em decorrência do contrato assinado com a Alfa Romeu, o carro foi chamado de Modelo 815, posteriormente foi entregue a Alberto Ascari, filho do falecido amigo de Enzo, Antonio Ascari. A fábrica da Ferrari foi destruída por três vezes durante a guerra, porém foi nesta época (1946) que foi desenvolvido o modelo Ferrari 125, sendo a primeira máquina a levar o nome Ferrari e ter como símbolo o “Cavallino Rampante”.

Em 1951 a Ferrari conseguiu sua primeira vitória na Fórmula 1, em Silverstone com José Froilán González. Em 1956 a vida de Enzo mudaria radicalmente. Juan Manuel Fangio havia conquistado o titulo mundial pilotando uma Ferrari, porém neste mesmo ano Dino, filho único (reconhecido) de Enzo morrera de distrofia muscular, com apenas 24 anos. Depois deste acontecimento Enzo nunca mais foi ver seus carros num grande prêmio. Enzo tinha outro filho, Piero Lardi, fruto de um romance secreto, que só foi reconhecido aos 42 anos.

Em 1961 foi o ano em que a Ferrari venceria o mundial de construtores pela primeira vez. Em 1969 a empresa enfrentava diversos problemas econômicos e se associou a FIAT, com 50% de suas ações, sendo assim a Ferrari não se tornaria uma marca vulgarizada. Lançada no começo da década de 80, a Ferrari Testarosa ficou muito famosa depois de ser usada no seriado Miami Vice. Foi a primeira Ferrari a ter ar-condicionado e bancos de couro.

Para comemorar os 40 anos da marca, a empresa decidiu construir o mais rápido carro do mundo, produzido em série para prazer da sua clientela, aquilo que os italianos apelidaram “um automóvel de corrida para estrada”. A Ferrari F-40 foi apresentada em 21 de Junho de 1987 na fábrica de Maranello. A F355 foi lançada na versão cupê em 1994 para substituir a 348. Essa Ferrari tem motor entre-eixos e a sua carroceria é toda confeccionada em alumínio e aço. Atualmente a F355 é oferecida em três modelos: Berlinetta, GTS ou Spider. A F-50 foi lançada em 1996 para comemorar os 50 anos de vida da marca, sua carroceria é confeccionada em fibra de carbono e kevlar, para que o carro fique mais leve e resistente, podendo chegar a 325 km/h. Sua produção tem tiragem limitada. O dia 14 de Agosto de 1988 foi um dia negro para Ferrari, aos 90 anos Enzo deixa o mundo e a Ferrari.

O Símbolo
O cavalo símbolo da Ferrari é chamado de Cavallino Rampante. Durante a Segunda Guerra Mundial Enzo admirava um piloto da aeronáutica italiana, Franceso Baracca, que usava este cavalo como amuleto de sorte em suas missões de guerra. Pouco tempo depois da guerra, quando Enzo preparava seu primeiro carro em 1923, recebeu dos pais de Baracca o amuleto, que foi usado como símbolo.
Curiosidade
• A marca vende em média apenas 4 mil unidades anualmente.

 

 

Ford
O americano Henry Ford foi o homem, que em 1921, mudou o mundo com um carro simples, produzido em massa e vendido com grande sucesso mundo afora.

História
A FORD MOTOR COMPANY foi fundada em 1903 por Henry Ford e mais 11 investidores, que contribuíram com U$28.000 cada um, na cidade de Detroit, estado americano do Michigan. O mês era junho. O local uma pequena fábrica em Michigan, que trabalhava a todo vapor para lançar o seu primeiro carro: o modelo A. O clima estava tenso e a discussão sobre a cor do automóvel tomava conta do local. Os engenheiros não sabiam o que fazer e perguntaram para o proprietário Henry Ford. Ele logo respondeu. “Pode ser qualquer cor desde que seja preto”. Assim nasceu o ícone do automobilismo, a primeira linha de montagem e o primeiro carro acessível à classe média. Em menos de um mês era entregue o primeiro carro para o Dr. Pfennig, um dentista da cidade. Esse modelo vendeu 1.700 unidades em 15 meses, entusiasmando Henry Ford. Entre 1903 e 1908, a Ford utilizou 19 letras do alfabeto para nomear seus modelos e criações, sendo que alguns nem chegaram a ser lançados ao público. Em 1908 a empresa lança o carro Model T, ao custo de U$805 (U$16.500 atualmente) que durante anos foi o grande sucesso da indústria automobilística. Em 1917, produz seu primeiro caminhão, feito sob a carroceria do Model T e batizado de Model TT. Nesse mesmo ano, Henry Ford e seu filho Edsel, fundam a Fordson (Ford + son) divisão que fabricava tratores. Em 1922 a empresa compra a montadora Lincoln. No ano seguinte, Henry Ford, preocupado com a preservação do meio ambiente, autoriza a compra de uma fazenda para plantação de árvores, pois a empresa utilizava madeira na confecção de muitas peças de seus carros. O ano de 1927 foi o último da produção do Model T, que em 20 anos vendeu 15 milhões de unidades.

Em 1928 é lançado um novo automóvel, espécie de segunda geração do Model T, e renomeado como Model A. Até 1931 foram produzidos 4.5 milhões de unidades desse modelo. O primeiro carro para o mercado Europeu foi lançado em 1932 e introduzido na Inglaterra, chamava-se Model Y. Em 1938 a empresa começa a produção dos modelos com a marca Mercury. Em 1940 e 1941 os modelos Ford sofreram suas primeiras alterações significativas desde de 1928. Com a Segunda Guerra Mundial, a produção de automóveis civis é interrompida e inicia-se a produção dos chamados GP (General Propose) ou simplesmente Jeep. Mais de 250 mil Jeeps e tanques foram produzidos pela empresa nesse período. Com o fim da guerra a empresa lança seu primeiro automóvel pós-guerra, o Ford 1949, além dos caminhões e Pick-ups F Series, direcionados aos fazendeiros com o slogan “Built Stronger to Last Longer”.
Em 1951 é lançado um novo modelo de automóvel chamado Ford 1952, carro de grande porte, 6 cilindros e curvas modernas. No ano de 1954, a Ford lança o modelo de maior sucesso da sua história, o Thunderbird, que viria a tornar-se um clássico americano. Três anos mais tarde, introduz no mercado o Edsel, um automóvel grande e luxuoso que levava o nome do único filho de Henry Ford. Em 1958 a empresa entra no mercado de caminhões de grande porte. Em 1964, custando metade do preço do Corvette produzido pela Chevrolet, é lançado o MUSTANG, um carro direcionado para um público jovem em busca de emoção, que vendeu 22.000 unidades em seu primeiro dia. Em 1966, os modelos GT40 conquistaram as três primeiras colocações em Le Mans. No ano seguinte a empresa se estabeleceu na Europa. Em 1972 abriu unidades no continente asiático. As pisck-ups Ford F-150 series são lançadas em 1975. A companhia compra 25% da montadora japonesa Mazda em 1979. No ano de 1986 a empresa lança o modelo TAURUS que com seu design radical, não demorou muito para se tornar um grande sucesso de vendas nos Estados Unidos.

Em 1987, adquiriu 75% da montadora Aston Martin e comprou a locadora de veículos Hertz. No ano de 1989, a empresa lança um de seus produtos de maior sucesso na linha de utilitários, a Ford Ranger. Em 1990 pagou U$2.5 bilhões pela tradicional Jaguar. No ano de 1993, dos oito modelos de carros mais vendidos dos Estados Unidos, cinco eram Ford. Em 1996, a companhia lança um carro mundial, o Ford Mondeo. Três anos mais tarde pagou U$6.4 bilhões pela Volvo e lançou o modelo FOCUS. Somente no Salão de Automóveis de Detroit, que aconteceu no fim de 2002, foram lançados 15 novos modelos.

Curiodidades
• A Ford é a segunda maior produtora de carros e caminhões do planeta, uma gigante com faturamento superior a US$ 165 bilhões, vendendo em 2002 quase 7 milhões de veículos.
• Na Europa, Inglaterra e Alemanha são os mercados mais importantes, depois dos Estados Unidos. Atualmente a Ford Motor Company é proprietária da Jaguar, Volvo, Lincoln, Mercury, Mazda, Aston Martin, Land Rover e da locadora de automóveis Hertz.
• Emprega cerca de 350 mil pessoas em todo o mundo.

 

 

Honda
Em 1946, Sochiro Honda, funda a Honda Technical Research Institute, na cidade de Hamamatsu no Japão. Era o início de um dos maiores sucessos da indústria automobilística e de motocicletas. A fundação da empresa deveu-se muito ao sonho de Sochiro em produzir motos em massa. Em 1947, a bicicleta A-Type é o primeiro produto fabricado pela Honda. No ano seguinte era fundada a Honda Motor Co. Ltd. Em 1949 tem início a produção da motocicleta D-Type Dream, motor dois tempos e 98cc. O nome Dream foi dado em referência ao sonho de Sochiro Honda em construir uma moto completa. Em 1951 a moto Dream vendia cerca de 130 unidades por dia, comprovando o sucesso da empresa em apostar neste tipo de veículo. No ano seguinte a empresa lança a moto F-Type, uma moto 50cc, que em menos de 1 ano alcançava a marca de 6.500 unidades vendidas por mês. Em 1953 a empresa introduz a moto conhecida como “Benly”, em japonês significa “conveniência”, equipada com motor 90cc. A Scooter Juno, com motor 200cc foi lançada em 1954 para concorrer com a Vespa que estava sendo trazida para o Japão. A partida elétrica foi introduzida nas motos modelos Dream em 1958. Uma década após sua fundação, a Honda Motors se estabelece nos Estados Unidos, vendendo suas primeiras motocicletas em território americano. Ainda nesse ano a empresa introduz sua primeira moto na Europa. Em 1962 lançou a famosa campanha “You meet the nicest people on a Honda”, mostrando que a motocicleta não era somente para pessoas duronas e rebeldes. No ano seguinte é lançado o S500, primeiro carro esporte do Japão. Em 1964 a montadora ingressa na fórmula 1, conquistando sua primeira vitória no ano seguinte. Em 1966 a montadora lança no mercado o pequeno carro N360. No ano de 1969, a motocicleta CB750 é lançada nos Estados Unidos e no Japão. Em 1972 a empresa lança um de seus maiores sucessos na linha automobilística, o Honda CIVIC. Enquanto isso no Brasil, a montadora lançou em 1976 um dos maiores sucessos no mercado de motocicletas, a CG 125.

Em 1978 é a vez da estréia do Honda Prelude.
No início da década de 80 a produção do automóvel ACCORD atingia a marca de 1 milhão de unidades produzidas no mundo. Foi nesta mesma época que ocorreu, no Brasil, o lançamento da moto CB 400. Em 1982 o Honda ACCORD estréia no mercado. A década de 90 começou muito bem para montadora, o modelo ACCORD se tornou o carro mais vendido nos Estados Unidos. Também eram anunciados os cintos de segurança pré-tensionadores e o air bag para passageiros em seus modelos de carros. Nesse mesmo ano é lançado o carro esporte Acura NSX. Em 1994 a montadora ingressa na Fórmula Indy e conquista três campeonatos em 6 anos na competição. No ano de 1998, para reforçar ainda mais o grande sucesso do ACCORD, foi introduzida a campanha específica para o modelo com o slogan “The shortest connection between head and belly”. No ano de 2002, a montadora além de comemorar a produção de 2.000.000 de unidades do modelo CG125, motocicleta líder do mercado brasileiro em todos os tempos, lançou no Brasil a sétima geração do modelo CIVIC, sucesso de vendas em mais de 140 países, com quase 15 milhões de unidades vendidas desde seu lançamento em 1972. Em 2001, o Honda ACCORD é mais uma vez líder de vendas nos Estados Unidos.

Neste mesmo ano introduziu o slogan “The power of dreams”, e no ano seguinte lançou o Honda Fit. Em 2006 foi introduzido o novo Honda Civic totalmente reestilizado.
O Valor
Segundo a consultoria britânica InterBrands, somente a marca Honda está avaliada em US$ 14.87 bilhões, ocupando a posição de número 18 no ranking das marcas mais valiosas do mundo.
Curiosidades
• A Honda é a terceira maior montadora japonesa, perdendo apenas para a Toyota e a Nissan, sendo a maior produtora de motocicletas do planeta.
• Possuí mais de 125 mil funcionários. A empresa ainda é proprietária da marca ACURA.

Fonte: Mundo das Marcas

©2007 Felipe Lima Penha  - Todos os direitos reservados